Eu vou !

Agradecemos sua visita e sua confiança, e te desejamos, de coração, um

Vamos colocar uma sequência de ações abaixo que, se não são obrigatórias, podem de outro lado te ajudar a alcançar este objetivo de forma mais fácil e estruturada.


Vamos lá: 

2. COM A DECISÃO TOMADA NO CORAÇÃO, FAÇA UM CHECK-UP: A mente humana é algo impressionante e trabalha constantemente para nos proteger, até mesmo de maus pensamentos e difíceis memórias. Todo ex-peregrino não pensa duas vezes em enaltecer a experiência do Caminho, de detalhar todas as maravilhosas experiências que viveu, locais por que passou, etc... É, infelizmente, raro escutar os testemunhos que falam clara e honestamente sobre as dificuldades vividas. É, sempre, uma grande irresponsabilidade ficar empurrando os outros para viverem o Caminho sem antes deixar claro que se trata, para a grande maioria de nós, de um desafío muito grande em termos físicos, e para muitos de nós é emocionalmente e espiritualmente difícil aguentar todos os dias e as pequenas batalhas que temos que viver a cada etapa. Bolhas, tendinites, torções, dificuldades cardíacas, tudo isso é constantemente testemunhado acontecendo com a maioria dos Peregrinos, afinal, são centenas de quilômetros, subindo e descendo montanhas, articulações doídas, etc...

Uma boa idéia, portanto, com antecedência, é fazer um check-up e dividir com seu médico seus planos e avaliar se há reais impedimentos.

E lembre-se que idade, ir ou não sozinho, peso, condições financeiras, nada disso dever ser considerado, por si só, impeditivo - se você não tiver um real problema de saúde ou físico, de novo, decida com seu coração e tome as ações necessárias para transformar o sonho em realidade.

1. DECIDA, COM SEU CORAÇÃO, QUE VAI FAZER O CAMINHO: É o primeiro e mais importante passo. Tomar essa decisão de forma definitiva e consciente fará com que esse objetivo se torne uma prioridade e tudo o mais acontecerá e, como dizem, o "Universo irá conspirar" para que tudo se encaixe. "Sempre sonhei em fazer o Caminho ..." ou "Gostaría de um dia ter essa oportunidade ..." são grandes primeiros passos para que nunca o faça. Sim, é uma decisão que exige reponsabilidade e consciência, até coragem. Diga "Eu vou", e vá !!!

 12. ABRA SEU CORAÇÃO PARA O CAMINHO: Aceite as emoções que virão logo antes da data. Ansiedade, medo, dúvidas, tudo faz parte. Vá de coração aberto, se jogue de cabeça e faça dessa experiência algo absolutamente inesquecível. E conte, sempre, conosco.

3. TENTE FAZER O CAMINHO FRANCÊS: Ao contrário do que pode parecer para quem conhece pouco sobre o Caminho, o Francês é uma das rotas somente, mas é o mais percorrido (praticamente 60% das centenas de milhares de peregrinos por ano), o mais bem estruturado, o mais bem sinalizado e o com a melhor infra-estrutura de suporte aos Peregrinos. Se é sua primeira vez, faça o Caminho Francês (assim chamado por começar na França, em St Jean Pied de Port). Já no primeiro dia de caminhada você entra na Espanha.

Hoje em dia outras rotas (Caminho Português, do Norte, Primitivo) estão ganhando fama mas o Caminho Francês é ainda o mais completo. Isso não é regra, entenda, é só uma sugestão. Se deseja fazer o Caminho Português, ou do Norte, ou qualquer outro, siga em frente, mas se prepare adequadamente. Evite o inverno, é muito mais duro e complicado, e arriscado.

4. SE INFORME UM POUCO SOBRE A HISTÓRIA DO CAMINHO: Só para saber no que se está envolvendo. São quase 800 km de distância entre St Jean e Santiago de Compostela na rota Francesa - outras rotas são mais longas, algumas mais curtas. Saiba, de antemão (se possível) qual o seu objetivo, a sua motivação para fazer o Caminho (religiosa, espiritual, preparação física, turismo,...) mas não se surpreenda se isso mudar no meio do Caminho. E tenha muito clara sua expectativa quanto ao tratamento que espera nos Albergues. Veja em nosso site a área de Albergues para entender.

5. DEFINA A DATA E QUANTO TEMPO TERÁ: O Caminho Francês, sem correrias, se faz em aproximadamente 33 dias. Contando 2 dias mais para chegar de sua casa à St Jean Pied de Port e outros 2 para voltar à sua casa, entre 35 e 37 dias é o ideal. Lembre-se de escolher uma data que seja real, e um período real. Converse em seu trabalho e marque suas férias ou licença com antecedência e deixe claro que não poderá modificá-la. Sua programação depende disso. Nós sugerimos que não decida fazer o Caminho com menos de 6 meses de antecedência. O ideal seria entre 6 meses e um ano, para te dar tempo de se preparar, de amaciar calçado, de planejar tudo com calma, até mesmo de treinar. E lembre-se: as estações do ano são invertidas no hemisfério norte. Evite fazer o Caminho no inverno. Neva e faz muito, muito frio. Se puder, evite também os meses de Julho e Agosto, pois o Caminho fica lotado de europeus durante suas férias de verão. A primavera (Abril a Junho) é linda, florida, mas com muita chuva. O Outono quase não chove, é mais fresco (Setembro a meados de Novembro). A partir do fim de Novembro já começa a esfriar muito e há riscos de nevascas. E os pirineus são fechados de Dezembro ao fim de Março.

6. COMPRE A PASSAGEM: Datas definidas de ida e volta? Tudo certo no trabalho (se for o caso)? Compre a passagem imediatamente. Este passo ajuda a não mudarmos de idéia ou de adiar planos.

7. FAÇA PARTE DE UMA COMUNIDADE OU BLOG SOBRE O CAMINHO: Comece a ler todo o material disponível, ver videos, filmes, fotos, tudo sobre o Caminho. Ao contrário do que muitos pensam, isso não tira em nada a magia de viver a experiência do Caminho. Se informar te ajuda a se preparar em tudo o que é possível para que seu Caminho seja o melhor possível. Claro que indicamos a nossa página dos SIXTOs no Caminho, tanto no Facebook como nosso website, e também nosso Grupo de Amigos dos SIXTOs no Face. Mas não deixe de considerar fazer o Curso Caminho de Santiago do amigo Peregrino Diego D'Avila. Participe também dos Seminários grátis on-line que ele promove continuamente, ou mesmo de grupos locais que promovem caminhadas e seminários sobre o Caminho.

Agora, entenda algo muito importante: viver o Caminho de Santiago é uma experiência individual. Todos os blogs, páginas, ex-peregrinos, podem e irão constantemente te dizer como viver a cada dia do Caminho. Eles, assim como nós, somente podemos te contar o que funcionou para nós !!! Isso não significa que será idêntico para você. Ouça, leia, aprenda e adapte ao que mais se encaixa com seu jeito de ser, de viver, de sentir, etc... O seu Caminho será seu, e de mais ninguém!

8. COMPRE SUA BOTA OU TÊNIS: Já com informações e dicas, compre o mais rápido possível seu calçado (bota ou tênis) com que pretende caminhar os quase 800 km. Não é uma boa idéia caminhar 25 km por dia com um calçado novo. Quanto antes comprá-lo e puder amaciá-lo, melhor. Vai te dar até tempo pra chegar à conclusão que não é confortável e trocá-lo com tempo ainda para amaciá-lo.

9. COMPRE OS EQUIPAMENTOS: Começe a comprar os equipamentos (mochila e tudo o mais). Os sites, blogs, cursos e seminários vão te ajudar muito a saber o que precisa, onde comprar, etc... As Dicas do nosso site aqui também.

10. FAÇA UM PLANEJAMENTO DE ETAPAS E CUSTOS: O Caminho não é barato. Seria se não fossem as passagens aéreas. Os SIXTOs no Caminho podem te mandar algumas sugestões de planejamento de etapas e custos. O Blog do Meu Caminho de Santiago também. Não deixe de fazê-lo. Somente assim terá uma idéia de quanto precisa guardar para comprar Euros e fazer seu Caminho com tranquilidade. Sabendo do valor final com antecedência, você se programa para economizar mensalmente até o início de seu Caminho.

Não se precipite em decidir que não tem condições financeiras para fazer o Caminho. Pode ser que não consiga neste ano, ou no ano que vem, ou nos próximos 10 anos. Se quiser, porém, viver essa experiência, tarde o que tardar, comece já a se programar e a economizar. O que sempre dizemos, não acumule dinheiro em moeda local. Sempre que puder, compre Euros e guarde. Um dia, vai se dar conta de que tem o necessário!

11. TREINE: Saiba desde já que você não, ou dificilmente, conseguirá treinar o suficiente para achar o Caminho "fácil", a não ser que você já seja um atleta. Mas é importante começar a treinar. Você andará uma média de 25 km ao dia, às vezes mais de 30km, talvez 40km. Poucas serão as etapas com menos de 20km ao dia. Subindo e descendo montanhas, caminhando sobre terra, asfalto, pedras e grama, sob chuva, sob sol forte, às vezes neve, dependendo da época do ano. Quanto mais treinar, melhor ficará o calçado e mais tranquila e rapidamente se acostumará com as exigências físicas do Caminho.

E treine de acordo com o meio pelo qual fará o Caminho. Não adianta treinar em bicicleta se vai fazer o Caminho a pé, e vice-versa.

Versão: 6.0 - 2019

No Caminho

de Santiago

Facebook

Os Caminhos

As Dicas

Os Albergues

Mídia

Literatura

Links

Peregrinos

Os SIXTOs

"Sozinhos, chegamos mais rápido ... juntos, chegaremos mais longe."