Agradecemos sua visita e sua confiança, e te desejamos, de coração, um

Albergues - Informações adicionais

Locais alternativos para descanso

Em geral, todos os Albergues abrem entre 1 e 3 da tarde, apagam as luzes e fecham as portas às 10 da noite e voltam a abrir por volta das 5 da manhã no dia seguinte. Todos os Peregrinos devem sair no máximo até 8 ou 8:30 da manhã quando fecham o Albergue para limpeza e manutenção, preparando-se para a nova onda de Peregrinos que chegará mais tarde. É importante: informe-se sobre os horários para não ficar de fora à noite.

Ao chegar, apresente sua Credencial e outro documento (identidade ou passaporte). Pague o valor em espécie (Euros), os Albergues não aceitam cartão de crédito ou débito. Certifique-se que sua Credencial foi carimbada com data. Entre, deixe suas botas e bastões/cajados no lugar indicado e veja qual a cama ou beliche que te foi definido (normalmente por letras ou números). Não coloque sua mochila sobre a cama para evitar que insetos ou sujeira afetem os colchões ou lençóis. Nem todos os albergues oferecem lençóis ou fronhas, e a maioria exige que você abra seu saco de dormir sobre os colchões e travesseiros. Alguns albergues oferecem cobertores mas não são todos. Nenhum oferece toalha, você tem que levar a sua. O mesmo para sabão, xampú e artigos de higiene e limpeza, com exceção de papel higiênico no banheiro. O resto, é você quem carrega na mochila.

Manter o albergue limpo e organizado como foi encontrado é obrigação sua . Não jogue lixo, limpe o que sujar, seque o banheiro depois do banho. Haja como você faria em sua própria casa.

E espere e se prepare, fisica e psicologicamente para a sinfonia de roncos à noite. Em quartos com 30, 40 até 100 pessoas dormindo juntas, você certamente passará por isso. Enfrente, leve tapa-ouvidos, ou busque um hotel pagando 40 Euros por noite ou mais para dormir sozinho.

Há uma lista de Albergues que é constantemente atualizada por nossos amigos do Refúgio Acácio e Orietta (em Vilória de Rioja). Você pode ter acesso à esta lista clicando AQUI. Volte para a opção Albergues acima e conheça a diferença entre os diversos tipos de Albergue e aqueles que os SIXTOs mais gostaram em suas experiências no Caminho - não quer dizer que outros não sejam bons, mas destes podemos falar por experiência própria ou por termos recebidos muitas recomendações de amigos Peregrinos

¡Buen Camino!

Além dos Albergues espalhados pelo Caminho, há também outros estabelecimentos que podem ser utilizados para que os Peregrinos possam descansar são: Hostels, Pousadas, Hotéis e as chamadas Casas Rurais.

São locais que se aproximam mais daquilo que normalmente esperamos de serviços de hotel. São mais caros (cobram entre 30 e 50 Euros normalmente por noite) e oferecem quartos privados, banheiros privados, não exigem que vocês saiam cedo, nem que estejam já dormindo às 22:00 hs.

Para quem sofre com roncos e com a necessidade de se compartilhar quartos com vários Peregrinos, ou ainda aqueles que foram para a o Caminho com uma motivação mais voltada ao Turismo e que tenham uma certa dificuldade em aceitar o nível de atendimento oferecido pelos Albergues tradicionais aos Peregrinos, talvez seja uma boa idéia. Sofrer todas as noites para economizar alguns Euros não compensa definitivamente. Não somente podem tirar o brilho de sua experiência, daqueles que estão compartilhando o espaço contigo e, em suma, criar uma tendência de se avaliar um Albergue de forma negativa, somente porque o seu nível de expectativa está fixado em um padrão de hotel que não é, definitivamente, o objetivo de um Albergue.

O Caminho é de todos, mas faça um favor a você mesmo e, sendo honesto, use desta honestidade para definir qual tipo de local prefere, desde o princípio, utilizar para dormir.

De repente, pode encontrar um outro Peregrino ou amigo que tope dividir um quarto de hotel e dividir também o custo.

Versão: 6.0 - 2019

No Caminho

de Santiago

Facebook

Os Caminhos

As Dicas

Os Albergues

Mídia

Literatura

Links

Peregrinos

Os SIXTOs

"Sozinhos, chegamos mais rápido ... juntos, chegaremos mais longe."